25°

Poucas nuvens

Rio de Janeiro - RJ

Política Lula na capa do NYT

New York Times destaca retorno do ex-presidente Lula à cena política

Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-presidente, rechaçou uma enxurrada de casos de corrupção e subiu à frente da corrida presidencial do próximo ano.

28/11/2021 às 12h02 Atualizada em 28/11/2021 às 12h41
Por: Folha CGN Fonte: DCM
Compartilhe:
New York Times destaca retorno de Lula à cena política
New York Times destaca retorno de Lula à cena política

 

Uma reportagem de Ernesto Londoño no New York Times destaca o retorno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com as informações da corrida eleitoral de 2022.

 

O que diz o New York Times sobre Lula?

“O ex-metalúrgico que chegou à Presidência deixou o cargo há pouco mais de uma década com a popularidade de um astro do rock, a personificação de uma nação que parecia estar à beira da grandeza”, começa o jornal americano.

Depois de comparar Lula com um “astro de rock”, eles prosseguem:

“A queda do ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, e de seu país, o Brasil, foram ambas dramáticas.

Um escândalo de corrupção o levou à prisão e expôs a prevaricação e os erros de cálculo que ajudaram a interromper bruscamente uma Era de Prosperidade, arrastando para baixo a maior economia da América Latina e dando início a um período de turbulência política.

Agora Lula, como é conhecido universalmente, está de volta.

Uma série de vitórias no tribunal o libertou e restaurou seu direito de concorrer ao cargo, permitindo que Lula novamente defendesse que ele é o único caminho a seguir para uma nação que luta contra o aumento da fome, da pobreza e do aprofundamento da divisão política”.

E acrescenta:

“Um retorno ao poder seria um retorno impressionante para Lula, aos 76 anos, cuja sua carreira política épica acompanhou a sorte do próprio Brasil. Começou como líder sindical e ganhou destaque com o movimento pelo fim da ditadura brasileira de 1964 a 1985.

Depois de perder três eleições presidenciais, venceu em 2002, conduzindo o país por um período de fartura econômica e prestígio internacional, quando o Brasil aproveitava para celebrar com o mundo como anfitrião da Copa do Mundo e das Olimpíadas”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.